logo-helbor-branco
  • 1_logo-helbor-footer.png
  • 2_demax.png
  • 3_neobpo-mg.png
  • 4_serveng.png
  • 5_samed-logo-top.png

Notícias

O Mogi das Cruzes/Helbor volta do Paraná com uma excelente vitória sobre o Campo Mourão por 97 a 69 na noite desta segunda pelo NBB Caixa (Novo Basquete Brasil) e com uma marca histórica pessoal do jovem armador Vithor Lersch. O camisa 9, que havia feito o primeiro duplo-duplo da carreira no jogo contra o Botafogo, anotou um triplo-duplo no jogo contra os paranaenses. Ele converteu 10 pontos, pegou 10 rebotes e deu 10 assistências.

Superiores durante toda a partida, os mogianos não deram chances aos paranaenses e conseguiram abrir uma boa vantagem já no primeiro tempo de jogo, com parciais de 29 a 17 (1ºQ) e 28 a 19 (2º). O Campo Mourão venceu o terceiro quarto por 18 a 16, mas o Mogi das Cruzes/Helbor fechou o último quarto com uma excelente vantagem, 24 a 15.

Além de Vithinho, também tiveram uma boa atuação o pivô Caio Torres, um dos cestinhas da partida, ao lado de César, do Campo Mourão, com 17 pontos e nove rebotes, os alas-pivôs Tyrone Curnell, com 11 pontos e oito rebotes, e Fabricio Russo, com nove pontos, os alas Shamell Stallworth, com 16 pontos, quatro rebotes e cinco assistências, Jimmy Dreher, com oito pontos, e Guilherme Filipin, com 11 pontos. O armardor Larry Taylor também se destacou com sete pontos e seis assistências.

“Antes do triplo-duplo, vem a vitória importante do time. A gente vem em uma sequência muito boa e agora já precisamos pensar no Paulistano, que será o jogo muito difícil. Eu fico muito feliz com o triplo-duplo. Eu trabalho muito para isso, mas eu devo aos meus companheiros que me ajudam também. É uma coisa memorável, difícil de se alcançar e eu vou guardar para sempre. Estou muito feliz com a minha atuação, a da equipe e com a vitória. Isso me motiva a trabalhar e conquistar mais coisas por Mogi das Cruzes”, adverte Vithinho.

O técnico Guerrinha também teve bons motivos para comemorar o triunfo desta noite no Paraná. “Ficamos muito felizes com a vitória. Foi um trabalho muito bom da equipe, desenvolvemos um bom jogo, principalmente ofensivamente. Conseguimos controlar alguns jogadores deles para que fizessem apenas 69 pontos dentro de casa. Fizemos um revezamento muito bom, podendo equilibrar o tempo de alguns jogadores que estão jogando a mais e outros a menos e melhorando a produção da equipe.”

O treinador destacou a excelente atuação do armador Vithor Lersch na partida e ressaltou o trabalho que vem sendo feito com o jovem desde que chegou à equipe. “Ficamos orgulhosos da atuação do Vithinho, com o triplo-duplo. É um trabalho que vem sendo desenvolvido com ele há muito tempo pelo Alexandre [Rios, assistente técnico] e pelo Danilo [Padovani, assistente técnico], que o trouxe para Mogi. Neste ano estamos fazendo um trabalho especial nele de coaching com o Jameli [ex-jogador de futebol], físico com o Eric [Ruiz, preparador físico], e com o doutor Walter [Kantovitz, médico do esporte] . Ele pegar 10 rebotes? Assistência e pontuação é até normal pelo talento dele. Ele não teve um bom início de NBB, mas teve paciência e vem trabalhando muito com a equipe, que está muito feliz com o desempenho dele. Deve ser o mais novo a marcar um triplo-duplo na competição”, comemora Guerrinha.

O Mogi das Cruzes/Helbor continua na terceira colocação, com 14 vitórias em 17 jogos, atrás de Flamengo (2º) e Paulistano (1º), que será o próximo adversário na competição. A partida será nesta sexta (9), às 19h30, em São Paulo.

Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor

Leia mais notícias

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39
  • 40
  • 41
  • 42
  • 43
  • 44
  • 45
  • 46
  • 47
  • 48
  • 49
  • 50
  • 51
  • 52
  • 53
  • 54
  • 55
  • 56
  • 57
  • 58
  • 59
  • 60
  • 61
  • 62
  • 63
  • 64
  • 65
  • 66
  • 67
  • 68
  • 69
  • 70
  • 71
  • 72
  • 73
  • 74
  • 75
  • 76
  • 77
  • 78
  • 79
  • 80
  • 81
  • 82
  • 83
  • 84
  • 85
  • 86
  • 87
  • 88
  • 89
  • 90
  • 91
  • 92
  • 93
  • 94
  • 95
  • 96
  • 97
  • 98
  • 99
  • 100
  • 101
  • 102
  • 103
  • 104
  • 105
  • 106
  • 107
  • 108
  • 109
  • 110
  • 111
  • 112
  • 113
  • 114
  • 115
  • 116
  • 117
  • 118
  • 119
  • 120
  • 121
  • 122
  • 123
  • 124
  • 125
  • 126
  • 127
  • 128
  • 129
  • 130
  • 131
  • 132
  • 133
  • 134
  • 135
  • 136
  • 137
  • 138
  • 139
  • 140
  • 141
  • 142
  • 143
  • 144
  • 145
  • 146
  • 147
  • 148
  • 149
  • 150
  • 151
  • 152
  • 153
  • 154
  • 155
  • 156
  • 157
  • 158
  • 159
  • 160
  • 161
  • 162
  • 163
  • 164
  • 165
  • 166
  • 167
  • 168
  • 169
  • 170
  • 171
  • 172
  • 173
  • 174
  • 175
  • 176
  • 177
  • 178
  • 179
  • 180
  • 181
  • 182
  • 183
  • 184
  • 185
  • 186
  • 187
  • 188
  • 189
  • 190
  • 191
  • 192
  • 193
  • 194
  • 195
  • 196
  • 197
  • 198
  • 199
  • 200
  • 201
  • 202
  • 203
  • 204
  • 205
  • 206
  • 207
  • 208
  • 209
  • icon SEMIFINAL
  • NBB 10 - Classificação
#EQUIPESAP(%)PONJOGVIT
#1 Paulistano-40x40 87.0 43 23 20
#2 FLAMENGO-ESCUDO-40x40 85.7 39 21 18
#3 mogi 2016

80.0

36 20 16
#4 logo franca 2017 150x150 76.2 37 21 16
#5 logo bauru 1 150x150 61.9 34 21 13
#6 Pinheiros-40x40 59.1 35 22 13
#7 VitoriaLogo-40x40 52.4 32 21 11
#8 Caxias do Sul 80x80 50.0 33 22 11
#9 Minas-40x40 45.5 32 22 10
#10 Basquete-Cearense-40x40 42.9 30 21 9
#11 logo vasco 40x40 40.9 31

22

9
#12 logo botafogo 150x150 23.8 26 21 5
#13 logo joinville 1 150x150 22.7 27 22 5
#14 logo cmo 40x40 13.6 25 22 3
#15 lsb logo 1 1 150x150 9.5 23 21 2
Continue lendo
  • a-gg.png
  • embu.png
  • imot.png
  • padrao-2017.png
  • trajeto.png
  • 76.png
  • arena.png
  • font-agua.png
  • loop.png
  • ngk-ntk.png
  • pmmc.png
  • toledo-ferrari.png